------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Oficina de guitarra: Mr. Fabian
David Hepner
Foto: Sônia Raven

Guitarrista, compositor e professor, Mr. Fabian lançou seu primeiro álbum, Solo Guitar, Vol. 1, gravado no Rio de Janeiro, no estúdio de Robertinho de Recife, que assina a produção. O disco traz 12 faixas instrumentais que misturam influências de rock, música brasileira e latina. Além de composições próprias, o trabalho contém regravações de A Whiter Shade of Pale (Procol Harum) e Você é Linda (Caetano Veloso), com destaque para os belos timbres limpos de guitarra. Participam do álbum o baixista Alexandre Cavallo, o tecladista Dudu Trentin, o baterista César Conti e o percussionista Mingo Araújo. O disco conta ainda com a participação especial de Kiko, guitarrista do Roupa Nova.

Fabian tem sólida formação musical. É graduado pela Universidade do Sagrado Coração, em Bauru, e pela EM&T (Escola de Música e Tecnologia), em São Paulo. Cursou violão popular e erudito na Universidade Livre de Música Tom Jobim, na capital paulista. Aprofundou-se também nos estudos de ritmos brasileiros e percepção. Com essa vasta bagagem, Fabian e o guitarrista e compositor Marcos Pópolo fundaram em 2000 a escola Guitarisma, em Bauru. Confira a entrevista e a lição que Mr. Fabian concedeu a Guitar Player.

Você mistura vários estilos em seu primeiro disco. Quais são suas principais referências musicais?
As minhas raízes são o rock e o blues, mas tento inserir influências de música brasileira e latina. A fusão de estilos deve surgir naturalmente durante o processo de criação. Comecei com Beatles, Rolling Stones, Led Zeppelin e rock clássico em geral. É claro, Jimi Hendrix não pode faltar. Depois, estudei violão erudito, que foi importante para eu desenvolver a leitura musical. Em seguida, interessei-me pela música brasileira de Tom Jobim, César Camargo Mariano, Raphael Rabello e muitos outros. No jazz, sinto-me um ouvinte aprendiz. Adoro Miles Davis, Jaco Pastorius, Mike Stern, George Benson... Na guitarra brasileira, minhas maiores influências são Robertinho de Recife, Pepeu Gomes, Armandinho, Wander Taffo e bandas como Roupa Nova, 14 Bis, Casa das Máquinas e Made in Brazil. No blues, comecei ouvindo Eric Clapton, Robert Johnson, B.B. King e Stevie Ray Vaughan.

Lições com áudio:

Parte 1
Parte 2

Veja a matéria completa na Guitar Player nº 170

Matéria completa na Revista Guitar Player 170/Junho de 2010.
Para adquirir seu exemplar clique aqui.

[VOLTAR]
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
LEIA TAMBÉM
Rafael Raposo - Vivendo de Guitarra na Espanha (11/09/2017)
 Uma coisa bacana das redes sociais é poder descobrir instrumentistas de diversos lugares que não recebem o ... VEJA MAIS
Mika Jaxx - Vida Longa ao Hard Rock (11/09/2017)
 Quem frequentava o já saudoso Inferno Club e frequenta o Manifesto já deve ter visto Mika Jaxx em ... VEJA MAIS
Evento - Semana SL Rock, no Souza Lima (11/09/2017)
 De 11 a 15 de julho, a Faculdade e Conservatório Souza Lima, em São Paulo (SP), realizou a III Semana SL ... VEJA MAIS
Willian Lee (1970 - 2017) (11/09/2017)
As ruas do centro da cidade de São Paulo ficaram tristes sem a guitarra de Willian Lee, que costumava se apresentar com ... VEJA MAIS
Licks Rápidos | 5 Perguntas Para Flávio Barba (11/09/2017)
 Professor de guitarra, violão, harmonia e improvisação do Conservatório Musical Vila ... VEJA MAIS
Licks Rápidos | JEYSON ZÍMERER – BOTUCATU (SP) (11/09/2017)
 Meu nome é Jeyson Zímerer, sou paulistano, mas resido em Botucatu. Comecei a tocar guitarra aos 15 anos, ... VEJA MAIS
 
 



Frases x Acordes


Assinaturas | Contato | RSS | Guitar Player U.S |
© Copyright . 1996 . 2010 | GUITARPLAYER.COM.BR - MELODY EDITORA | Todos os direitos reservados | Site desenvolvivo por Gustavo Sazes | Abstrata.net